Novos produtos

SystemSix, o teste e o adeus!!

Publicado : 2019-10-23 14:44:36
Categorias : Notícias

No início deste ano, a Cannondale lançou a SystemSix - a tão esperada entrada no mercado das bicicletas de estrada do tipo aerodinâmico. Sem vergonha no anúncio desta nova bicicleta a Cannondale afirma que a SystemSix é a “bicicleta de estrada mais rápida do mundo”.

Curiosamente, a Cannondale evita comercializar a SystemSix como sendo uma bicicleta "aero". Não se engane em pensar que é, porque não é bom ser AERO. Os engenheiros da Cannondale estavam cientes de alguns descréditos tipicamente associados à etiqueta aerodinâmica e, como tal, começaram a projetar uma bicicleta de estrada de alto desempenho repleta de otimizações aerodinâmicas.

Qual é a diferença? Segundo a Cannondale significava menos mudanças em termos de sensação e manuseio em comparação com o que normalmente se espera de uma  bicicletaAERO.

Quão rápida é? Estava ansioso para descobrir.

 

A SystemSix é um nome que os fãs da Cannondale reconhecem de meados de 2000, quando a marca apresentou uma bicicleta com o mesmo nome. Embora a edição anterior tenha sido revolucionária na sua época, a nova SystemSix apresenta alguns dos mais recentes avanços na construção de carbono e aerodinâmica, que definem o design de bicicletas de estrada de alto desempenho.

 

O "Six" no nome do modelo refere-se aos seis elementos exclusivos em que a equipa da Cannondale se concentrou no desenvolvimento da SystemSix. Essas são, o quadro, a forqueta, o espigão, o avanço, o guiador e as rodas. Após o lançamento deste novo modelo, os engenheiros da Cannondale comunicaram ao mundo do ciclismo os atributos tecnológicos

num documento técnico de quarenta e oito páginas, detalhando a abordagem de design, o desempenho e uma dose saudável de ciência para apoiar os argumentos apresentados.

 

Gráfico representando o ponto de inflexão de 6% antes do qual o “aero” supera o peso. Fonte: Canondale

 

O quadro e a forqueta são visivelmente aerodinâmicos, como seria de esperar de um sistema moldado através de simulações em computador e testes em túneis de vento. Todo este carbono extra acumula-se e, como a maioria das bicicletas AERO, a SystemSix carrega alguns gramas extra. Aqui, é onde os engenheiros da Cannondale aplicam alguma ciência para mostrar que, para a maioria de nós, nas condições diárias de utilização, os ganhos aerodinâmicas superam as penalidades do peso. A Cannondale chegou a conclusão de que o ponto de inflexão está num gradiente de 6%, após o qual o peso extra da SystemSix contra a SuperSix Evo, significaria que a Evo é a melhor escolha para subidas mais íngremes e prolongadas. Todos os gradientes inferiores a 6% e que representam assim grande parte da utilização diária dos utilizadores apresentam vantagens na utilização da SystemSix!

 

Eu sou o tipo de ciclista que normalmente se afasta do “AERO” em favor de uma bicicleta de estrada mais leve e tradicional, mas na realidade tenho que me questionar quantas vezes subo a 6% ou mais por um periodo significativo de forma a recusar comprovar os beneficios da SystemSix?

 

Adicionalmente a geometria da SystemSix foi projetada para estar enquadrada com a gama de bicicletas de estrada de topo de gama da Cannondale, como a SuperSix. O objetivo era criar uma bicicleta aerodinâmica que parecesse uma bicicleta "normal" e, principalmente, familiar para os possuidores de bicicletas da Cannondale existentes no mercado, proporcionando uma sensação semelhante na estrada com todas as vantagens aerodinâmicas e cockpit orientado para a competição, com uma frente baixa para dar uma postura longa e agressiva.

 

Especificações (conforme testado)

 

  • Quadro SystemSix, BallisTecCarbon
  • Forqueta SystemSix, BallisTecCarbon
  • Pedaleiro Cannondale HollowGram Si, BB30 OPI SpideRing,52/36
  • Avanço Vision Tremx OS, forjado em3D
  • Espigão de selim Cannondale KNØT Carbon,330mm
  • Fita Guiador Prologo OneTouch
  • Guiador Vision Metron 4D Plano, UDCarbon
  • Desviador dianteiro ShimanoUltegra
  • Desviador traseiro ShimanoUltegra
  • Corrente Shimano 105, 11velocidades
  • Cassete Shimano 105, 11-30, 11 velocidades
  • Travões Shimano Ultegra disco hidráulico, discos 160 /140mm
  • Manipulos Shimano Ultegra disco hidráulico,2x11
  • Selim Prologo Dimension, carrisTirox
  • Rodas Mavic Cosmic Pro Carbon UST
  • Pneus Mavic Yksion Pro UST 700 x25mm

 

Testei o modelo de entrada de gama SystemSix, a Cannondale SystemSix Carbon Ultegra. Dentro da linha SystemSix, o modelo de entrada está na realidade equipado com um nível intermédio de especificação e preço. O preço mais baixo significa que este modelo renuncia a alguns dos toques AERO que definem o nome SystemSix.

Em vez do Cannondale Knot SystemBar, este modelo chega com um guiador de carbono e avanço em alumínio da marca Vision, com uma tampa frontal AERO. No lugar das Knot Carbon Wheels, o modelo Ultegra tem equipadas umas Fulcrum em aluminio 35 mm. No caso deste teste a bicicleta teve como upgrade umas rodas Mavic Cosmic Carbon Pro UST, completando na perfeição esta maquina AERO!

Embora o guiador totalmente integrada no modelo topo de gama oculte completamente os cabos e tubos hidráulicos na junção do guiador e avanço, tambem é possivel neste modelo com alguns cortes e modificações atingir uma visual mais organizado e limpo.

Para direcionar com segurança os tubos de travão disco através do quadro, a Cannondale implementou um “batente” na direção que limita a amplitude do movimento a 50 graus para a esquerda e para a direita evitando danos nos tubos hidráulicos.

 

Na minha cabeça achava que poderia encontrar um problema na estrada, no entanto não existem situações realisticas em que seja necessário um maior ângulo de viragem do que a SystemSix permite. Como exemplo, consigo fazer confortavelmente uma inversão de marcha acentuada numa só via de circulação sem problema algum.

 

Na bicicleta

 

Na estrada, a Cannondale SystemSix parece realmente muito rápida. Para ser justo, diria o mesmo sobre a maioria das bicicletas de estrada de topo nos dias de hoje, mas depois de algumas viagens na SystemSix, fiquei impressionado com o equilíbrio de velocidade, conforto e agilidade. A expectativa de uma bicicleta aerodinâmica é que ela ofereça um passeio duro e agilidade reduzida. A SystemSix tem um quadro inconfundivelmente rígido e o andamento é firme, no entanto a rigidez não é excessiva, a agilidade é boa e a direção é super precisa.

Encontrei a felicidade das descidas com a SystemSix. Pela primeira vez, a montagem, juntamente com o selim Prologo e o cockpit baixo, deitaram fora todas as minhas duvidas de conforto, mas principalmente nas descidas, senti uma sensação de "ir super rápido", nessa posição de condução, achei o manuseio mais confiante. Seria apenas a euforia de uma bicicleta nova ou um pouco da ajuda do marketing?

Nas viagens ventosas para os lados do Gêres, eu vi sofrer (e deixei para morrer) inúmeros solitários perdendo a batalha com ventos fortes.

 

 

Mesmo com toda a aerodinâmica não pude escapar de alguns ataques dos ventos laterais, mas com as rodas relativamente baixas de 40 mm (35mm as de origem), era bastante ágil mesmo com ventos fortes. Rodas de carbono mais perfiladas, como as Knot 64 nos modelos de gama superior, tornam a SystemSix (e qualquer outra bicicleta) um pouco mais difícil de controlar contra o vento lateral.

 

Nas subidas, esperava que o comportamento do AERO não se destacasse, mas, no geral, a SystemSix é um trepadora bem composta. Fora do selim, senti-me um pouco estranho no início, devido à sua frente rígida e longa, mas com um avanço um pouco mais curto e uns ajustes no cockpit fica bastante melhor. Nas descidas, a rigidez da bicicleta e o manuseio preciso, juntamente com os travões de disco super potentes, proporcionam uma experiência muito boa a alta velocidade.

 

Impressão inicial

 

Como alguém que normalmente é tendencioso em relação a uma bicicleta de estrada mais tradicional, fiquei muito surpreendido com a Cannondale SystemSix. Apesar de um pouco de peso extra e da estrutura super rígida, fiquei impressionado com a capacidade de subida. Embora este modelo não possua todos os componentes totalmente Aero-Knot, não há como fugir da rapidez com que se sente em estradas mais planas. Enquanto o meu coração anseia por uma “cabra da montanha”, algo mais parecido com a SuperSix, não consigo deixar de pensar na sensação de velocidade que a SystemSix oferece.

 

Se o orçamento não fosse um problema, estaria de olho nos modelos mais acima, ou pelo menos com rodas em carbono que sem dúvida nenhuma aumentam o fator velocidade (com um perfil mais baixo, para a tornar melhor trepadora), conforto e talvez perdesse um pouco de peso. A Cannondale pode ter chegado um pouco tarde para o grupo das bicicletas aerodinâmicas, mas parece que apresentou uma  candidata de alto nível nesta categoria, que na sua essência é uma bicicleta de estrada extremamente rápida.

 

Prós

  • É muito rápida!
  • Ignora a maioria das falhas de agilidade das bicicletas aero.
  • Oferece um andamento suave e relativamente confortável nesta categoria.

Contras

  • Não é uma trepadora natural acima dos 6%

 

Escrito por Ricardo Ferreira

Partilhar este conteúdo

Adicionar um comentário

 (com http://)